Cervejas Especiais: escola alemã tem lupagem mais suave!

Ver PDF | Ver Impressão
por: Debora Soares Total leituras: 320 Nº de Palavras: 382 Data: Tue, 26 Mar 2013 Hora: 3:23 PM 0 comentários

Quem aprecia umas cervejas especiais que respeitam totalmente a Lei da Pureza da cerveja do século XVI e não possui um amargor extremo, deve estar focado na escola alemã de fabricação de cervejas. Essa é, inclusive, a maior influencia nacional. As cervejas pilsen, as mais vendidas no Brasil, são oriundas da Alemanha e Republica Tcheca.  

Outra vertente alemã muito comum em terras brasileiras é a bock, muito famosa pela sua cor avermelhada e sempre vendida no inverno, já que por ser mais forte e intensa tem as características para ser apreciada em um clima frio. Fez muitíssimo sucesso na década de 90. A característica da escola alemã e de ser uma cerveja mais maltada, intensa e suave.  

Cervejas Large, as mais vendidas do país

  A Alemanha é tão intensa como influencia no mercado cervejeiro comum ou de cervejas artesanais que a maior parte da fatia de mercado pertence às cervejas do tipo larger, o que inclui as Pilsen. As famosas loiras geladas que nenhum brasileiro perde, são tipo larger.  

Os outros estilos da escola alemã são as do tipo Ale. No sul do país o sucesso se iniciou com as cervejas de trigo. São suaves, encorpadas e com um sabor característico. Outra marcante vertente deste estilo de cervejas especiais é o estilo refrescante.  

Se você deseja experimentar tais estilos, clubes de assinatura suprem a demanda!

O que vem crescendo no Brasil em profusão são os clubes de assinaturas de cervejas especiais. A Beer & bier é um destes clubes que começa a despontar no mercado com grande sensação dos amantes de cervejas especiais! Se você ainda não assinou, aproveite!  É uma grande oportunidade de conhecer um novo modo de apreciar uma bebida tão popular no território nacional. Faça uma assinatura!

Sobre o Autor

Sou Débora, jornalista, adoradora das palavras e por elas me expresso em profusão!




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment