Mastopexia

Ver PDF | Ver Impressão
por: FACCIA - Clínica Plástica e Estética Total leituras: 86 Nº de Palavras: 534 Data: Wed, 26 Mar 2014 Hora: 12:21 PM 0 comentários

Mastopexia ou lifting mamário é o procedimento cirúrgico que tem como objectivo o reposicionamento da aréola e do tecido mamário através da remoçãodo excesso de pele e remodelação do tecido mamáriocom formação de um novo contorno da mama. Isto significa que há uma melhoria da aparência da forma da mama com o lifting mamário.

Os seios da mulher muitas vezes alteram-se com o tempo, perdendo a sua forma jovem e firmeza. Estas alterações e perda da elasticidade da pele podem ocorrer devido a:

  • Gravidez;
  • Amamentação;
  • Oscilações de peso;
  • Envelhecimento;
  • Gravidade;
  • Hereditariedade.

Nalgumas situações a aréola torna-se maior, mais larga, ao longo do tempo, e a mastopexia permite a sua redução de diâmetro.

O procedimento de mastopexia tem um caráter rejuvenescedor uma vez que o perfil conseguido no pós-operatório é o de uma mama jovem e firme.

Contudo este procedimento não tem como objectivo alterar o tamanho dos seios, ao contrário do que algumas pessoas pensam. A cirurgia não altera, significativamente, o tamanho dos seios ou preenche a parte de cima da mama (colo). Se você quiser ter mamas mais volumosas, deverá pensar em fazer uma cirurgia de aumento mamário, ou seja, uma mamoplastia de aumento. Se desejar seios menores, considere a combinação da cirurgia de elevação da mama e da cirurgia de redução mamária.

A mastopexia é um procedimento cirúrgico individualizado e deve fazê-la para si mesma e não para satisfazer os desejos de alguém ou para tentar se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

Claro que há sempre a questão inevitável sobre se a mastopexia será uma boa opção para o seu caso. Para tentar ficar esclarecida sobre esta questão há alguns dados que a poderão ajudar. Esta cirurgia poderá estar indicada para si se:

  • estiver fisicamente saudável e manter um peso estável;não fuma;
  • tem expectativas realistas;
  • está incomodada porque os seus seios perderam forma e volume;
  • os seus seios têm uma forma alongada ou estão pendentes;
  • osmamilos posicionam-se abaixo do sulco da mama;
  • osmamilos e aréolas apontam para baixo;
  • tem pele flácida e aréolas largadas;
  • Uma das mamas é mais baixa que a outra.

Sobre o Autor

Cirurgião Plástico, Reconstrutivo e Estético. Director Clínico e Cirurgião Plástico e Estético da FACCIA. Trabalha desde 1993 no Serviço de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Maxilo-Facial do Hospital de Egas Moniz, pertencente ao Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental (C.H.L.O.), onde ocupa uma vaga de Assistente Hospitalar. Foi Assistente Convidado da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa de 1989 até 1999 e desde esse ano até 2002 foi o Regente da Cadeira de Anatomia Normal da Faculdade de Medicina Dentária da referida Universidade. Consultor do INFARMED na área dos Dispositivos Médicos de Janeiro de 1999 a Agosto de 2003. Vogal de Estética da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética.




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment