Viajar, que saudades!

Ver PDF | Ver Impressão
por: RPF Total leituras: 209 Nº de Palavras: 496 Data: Tue, 16 Mar 2010 Hora: 4:23 PM 0 comentários

Há uns tempos que estou a considerar, mesmo, fazer uma viagem este ano. Está bem que acho, sinceramente, que a minha vontade recaíria numa semana inteira na praia, no hotel mais perfeito do mundo, rodeada de água transparente e de boa comida, para relaxar exageradamente até me fartar de estar sem fazer nada. Sim, era mesmo isto que eu estava a pensar mas não me parece que seja possível.

Apesar desta minha extrema vontade de passar uma semana sem fazer nada de nada, parece-me que as viagens “á turista exagerado”, com tardes perdidas a investigar sobre a história do local que visito e nas filas para os grandes museus onde me encaixo, perfeitamente, no papel de fotógrafo pseudo-profissional (quase pareço um fotógrafo de casamento que não pára um bocado para respirar com as vezes que clica no belo do botão!) continuam a ter muito mais a ver comigo. e que assim seja!

Acho que a minha necessidade que passou, desde o início do ano de 2010, a ser "o" objectivo deste ano, é mesmo passar uns diazinhos com planos de visitas constantes e com muitos transportes públicos á mistura com a minha cara-metade. Londres? Provavelmente será a escolha.

Já visitei, mas é daquelas cidades de que nunca me vou fartar: é também uma cidade que não dorme (não é só Nova Iorque); é a "cidade das cidades": muito movimento, muitas pessoas, muita diferença sem preconceito.

É bom passear numa cidade não só riquíssima em cultura e história mas também onde toda a gente é diferente, mais excêntrica e não é julgada por isso. Onde se tiram fotografias fantásticas: não só da “London Eye" a roda gigante; mas das múmias do Museu Britânico aos imensos espaços verdes desta cidade imparável.

Dentro de meses espero, desesperadamente, estar lá numa pequena "lua-de-mel "que de romântica não há-de ter muito mas onde o encanto e as muitas dores nos pés de tanto andar não irão faltar com toda a certeza!

 

Sobre o Autor

Diários de uma rapariga que quer muito viajar!

"Apesar desta minha extrema vontade de passar uma semana sem fazer nada parece-me que as viagens "á turista exagerado" (...) no papel de fotógrafo pseudo-profissinal (quase parecendo um fotógrafo de casamento que não pára um bocado de respirar com as vezes que clica no botão!)"




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment