O kit de extração de DNA demonstra um papel de grande importância no desenvolvimento da ciência

Ver PDF | Ver Impressão
por: Andreita Total leituras: 134 Nº de Palavras: 3247 Data: Wed, 9 Oct 2013 Hora: 12:11 PM 0 comentários

Extrair e purificar o DNA seriam os passos iniciais na análise e fazer a manipulação do DNA que faz com que os pesquisadores detectem doenças de nascimento, fazer a impressão digital de DNA de indivíduos, e também dar vida a organismos geneticamente modificados que poderiam produzir produtos para a saúde, como a insulina, muitos antibióticos e hormônios.

O DNA poderá ser extraído escolhendo muitos espécimes de células. O início diz respeito a quebrar as células. Isso pode acontecer moendo uma amostra de tecido em um misturador.

Os mais clássicos modos de purificação de DNA em laboratórios, ainda comumente usados da mesma forma para exame forense, fazem uso de um mix de solventes orgânicos. Todas as amostras lisadas são mixadas com fenol, clorofórmio, álcool isoamílico e para a separação de DNA e proteínas.

As proteínas ficam desnaturadas através da mistura orgânica. Na hora em que a amostra é centrifugada, o DNA é mantido na camada aquosa (água), o fenol está na porção inferior do tubo, e as proteínas desnaturadas procedem tal interface de nebulosidade. Este método é muito eficaz, contudo, tão somente pode ser utilizado, se a quantia de material de partida for suficientemente grande.

É bastante claro que as metodologias para proceder a extração devem passar por adaptações de maneira que eles se mostrem eficientes para purificar o DNA considerando várias fontes. Outro item de importância é o tipo da amostra. Se a amostra é pouca ( como exemplo, esperma, ou mesmo um simples fio de cabelo, o método utilizado deverá ser diversificado da metodologia utilizada no isolamento de DNA contando com um par de miligramas de tecido ou pingos de sangue. Outra característica muito importante é saber se a amostragem é nova ou foi armazenada. Amostras que ficam armazenadas virão a partir de amostragens arquivadas de tecidos, material sanguíneo ou tecidos congelados, tecido ósseo ou tecidos que foram exumados, e antiguidades provenientes do homem, reino animal, ou amostras de plantas. Cada um desses determinantes são extremamente importantes, além do kit de extração de DNA que deve ser disponibilizado por uma firma de grande qualidade e com a segurança de que o material disponibilizado está compatível com as exigências dos laboratórios médicos, de química e alguns outros que os utilizam.

 

Sobre o Autor

Para mais informações, visite: www.wakobrasil.com/

Visite também: comprar enzimas




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment