Procedimento de extração de DNA em destaque

Ver PDF | Ver Impressão
por: Andreita Total leituras: 133 Nº de Palavras: 3731 Data: Tue, 12 Nov 2013 Hora: 2:04 PM 0 comentários

Cada célula do humano possui 3 bilhões de partes de bases de nitrogênio. Adenina e guanina representam as bases púricas que poderiam ser vistas nos DNA; citosina e timina formam as bases pirimídicas, em que a guanina liga-se à citosina e a adenina liga-se à timina. Elas são conectadas através do processo denominado pontes de hidrogênio.

Com a kit de extração de dna, faz-se possível a observação estada do mesmo, vendo que o DNA pode ser visto em diversas células, debatendo e investigando mais profundamente as informações a respeito da genética. Este conhecimento é um primeiro passo em vários processos de diagnose para detectar bactérias e vírus e também indicar alguns problemas genéticos e algumas enfermidades.

O DNA pode ser retirado de muitos materiais, tais como fósseis, determinados tipos de material da flora ou até mesmo tecidos como raízes, sementes, folhas, pólen. O método de extração, que é o primeiro passo e muitos procedimentos científicos de laboratório, tem como objetivo alcançar um DNA de ótima qualidade, em grande quantidade, de forma rápida e grande eficiência. Este deve sempre não permitir certa degradação do DNA.

Para fazer esse método, há determinadas técnicas próprias. O ‘’FISH’’ é uma prática molecular específica utilizada para determinar a identificação de grupos bacterianos. Já o método sequencial usa partes de genomas que poderiam passar por sequenciação além de também porções cromossômicas extras, que terão comparações com a sequência de bases que já aparecem nos dados para o Projeto Genoma.

Encontram-se variados métodos que levam à extração do DNA, entre tantos podemos mostrar:

- Observando uma amostra, deixar as células abertas para que exista a exposição do DNA dentro delas, isto acontece fazendo uso de procedimentos químicos e físicos.

- Juntando um causador de efeito superficial, como detergentes, podem-se remover os lipídios da célula, impulsionando o DNA em exposição para testes.

- Aumentando uma RNA para que exista a remoção do RNA.

- Por meio de um álcool, em geral etanol ou isopropanol, chega-se o método de precipitar o DNA.

 O método que se usa para se obter e extração do DNA dependem sempre de qual ramo será utilizado e de que forma o procedimento poderá ser feito. A maioria deve sempre ocorrer em laboratórios credenciados com pessoal competente, para que o objetivo final obtido seja satisfatório e possa ser utilizado de forma adequada no estudo feito.

 Muitas empresas fornecem os produtos necessários para tal processo, porém é sempre interessante consegui-los de fontes que se confia, por serem elementos delicados a certos intemperismos. São insumos delicados que precisam de um ótimo armazenamento e um transporte cuidadoso. Quando o laboratório fizer uma aquisição deste tipo de produto, aconselha-se que ele seja atento a todos os detalhes.

 

Sobre o Autor

Para mais informações, visite: Wako Pure Chemical




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment