Razões da Impotência e da disfunção eréctil

Ver PDF | Ver Impressão
por: gastaobelo Total leituras: 520 Nº de Palavras: 699 Data: Fri, 21 Jan 2011 Hora: 6:25 AM 0 comentários

A expressão disfunção eréctil e o termo impotência estão intimamente ligados, aliás o primeiro tem origem no segundo.
A impotência sexual é uma enfermidade perfeitamente curável.

Descendendo do latim “Impotentia coeundi”, a impotência designa a incapacidade para introduzir o falo na vagina.

Na actualidade é bem mais vulgar ouvirmos designar esta doença como disfunção erétil. A expressão é mais alargada em termos de significado que impotência e denomina a inabilidade para conservar o pénis erecto o tempo suficiente para proporcionar uma relação sexual realizadora.

A disfunção erétil não é apenas causada por factores orgânicos mas também e com grande peso, por factores emocionais e psicológicos. O estilo de vida e hábitos adoptados, desempenham um importante papel na prevenção e cura da disfunção erétil.
Detentores de importantes papéis na cura e na prevenção da disfunção erétil, são também os hábitos adoptados e estilo de vida que a pessoa leva a cabo.
A disfunção eréctil não é um problema que  atinge apenas idosos, pessoas com algumas doenças crónicas, ricos ou pobres. De todo, a disfunção eréctil pode de facto atingir qualquer homem.

No entanto e felizmente, actualmente já podemos enumerar as principais causas que provocam impotência, e desta forma apostar na prevenção, evitando a frustração e vergonha, naturais a quem padece deste problema.

Registe-se novamente que a disfunção eréctil tem cura e quanto mais precoce for a procura de ajuda e assistência especializada, maior é a probabilidade de sucesso e rápida regeneração do problema.

Razões para a disfunção eréctil

As causas vasculares são cada vez mais frequentes e têm origem na incapacidade do sangue fluir normalmente ao pénis, e se manter por lá. Esta causa da impotência é grandemente catalisada pelos hábitos e padrões da vida, atitudes como fumar e consumir bebidas alcoólicas, pela pressão arterial elevada, pela diabetes e também alterações nos níveis de colesterol.

Causas Psicológicas - Organicamente o corpo humano em geral e o pénis especificamente, não exibem qualquer problema, no entanto a erecção é inibida psicologicamente.  Os motivos podem prender-se com o stress, a ansiedade, má relação entre os parceiros, depressão, entre outros.

Medicamentos - Alguns efeitos secundários de medicamentos, utilizados no tratamento de perturbações psicológicas, hipertensão, e doenças cardíacas, podem interferir nas erecções.

Causas hormonais - Falta de hormonas sexuais  pode ser uma das causas da disfunção eréctil, embora seja uma situação rara.

Lesões medulares, degeneração dos nervos resultado de diabetes e/ou álcool, ou ainda esclerose múltipla, são causas do foro neurológico que podem estar na génese da impotência.

Por fim, mencionem-se um conjunto de operações médicas que podem acarretar a impotência. É o caso das cirurgias ao recto, intestino grosso e próstata.

Sobre o Autor

Mente aberta a todo o conhecimento, Gastão Belo interessa-se por todos os aspectos da saúde humana e da sexualidade, sendo autor do site Impotência e disfunção eretil

.




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment