Atitudes do governo com atenção domiciliar e outros programas propostos

Ver PDF | Ver Impressão
por: hospitalarsc Total leituras: 297 Nº de Palavras: 1041 Data: Thu, 19 Apr 2012 Hora: 11:45 AM 0 comentários

 

Atitudes do governo com atenção domiciliar e outros programas propostos

 

Com a Campanha da Fraternidade 2012, lançada no final de fevereiro na Conferência Nacional de Bispos do Brasil, um dos objetivos aparentes do governo é conscientizar os cidadãos sobre a realidade da saúde brasileira e colocar o SUS em pauta para discussão, a fim de consolidar o sistema e informar melhor a população do que é possível se obter com o sistema. Segundo o ministro da saúde Alexandre Padilha: “O SUS não poderia ter tido um presente maior. Tenho uma grande expectativa que não só durante a quaresma, mas em todo ano, as pessoas discutam o Sistema Único de Saúde real (...)”

Se atingir esse objetivo, o governo vai forçosamente abrir as portas do Sistema Único de Saúde para a população e ao fazer isso espera-se que os cidadãos participem mais das decisões em relação ao sistema público de saúde. Contudo, se a população de fato participar mais da política, não só em relação a saúde, mas de uma maneira geral também, serão descobertos vários problemas que o governo tenta solucionar e não consegue por inúmeros motivos.

As melhorias que o governo propôs com o Saúde Toda Hora, um conjunto de ações que visa melhorar o atendimento público de saúde de maneira geral , pode representar uma atitude positiva do governo quanto a melhorias na área da saúde, mas tratando-se de consciência da população, ainda é muito cedo para saber se essa é uma prioridades do governo com todos esses programas e melhorias.

O Melhor em Casa, a titulo de exemplo, trabalha com serviços de atenção domiciliar e traz consigo propostas interessantes para a área da saúde, com ações que geram custos menores para o governo, diminuem a lotação dos hospitais e podem dar uma atenção mais digna a população brasileira. Outro ponto interessante da atenção domiciliar é o foco das empresas do setor em um cuidado completo da saúde, com ações que trabalham com promoção de saúde, para melhorar a saúde e prevenir doenças, e com atenção domiciliar, com o cuidado mais focado no paciente quando está enfermo , que gera menores custos e melhores resultados. Um exemplo notório desse foco das empresas brasileiras do setor é o convite que o Grupo HospitaLar Santa Celina recebeu de um conjunto de empresas americanas para integrar seu grupo de pesquisa e qualidade sobre ações e boas práticas de promoção de saúde e prevenção de doenças.

Mesmo com esses possíveis ganhos deste e de outros programas, que tem boas chances de melhorar o sistema único de saúde, ainda é muito cedo para afirmar que a conscientização da população em relação a saúde pública é uma das prioridades deste governo. A definição dos reais objetivos do governo com essas ações só virá com o tempo.

http://www.hospitalarsc.com.br

atençao domiciliar

 

Sobre o Autor

A Hospitalar Santa Celina oferece Serviços de Home Care nos estados de São Paulo e Rio De Janeiro. Atendimento de qualidade no conforto de seu lar




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment