Viver autonomamente com Alzheimer

Ver PDF | Ver Impressão
por: TKencasa Total leituras: 1 Nº de Palavras: 472 Data: Fri, 24 Oct 2014 Hora: 9:47 AM 0 comentários

O Alzheimer modifica consideravelmente a vida das pessoas afetadas e dos seus familiares. As pessoas com Alzheimer estão, sobretudo em fases mais avançadas, física e cognitivamente muito comprometidas. Por isso, é particularmente importante para os doentes viverem num ambiente em que se possam movimentar com facilidade e segurança.

Na Alemanha, vivem atualmente cerca de 1,2 milhões de pessoas com Alzheimer. Para os anos que se aproximam, os cientistas preveem um claro aumento deste número. A doença de Alzheimer desenvolve-se ao longo de vários estádios, que podem interligar-se de forma impercetível. Uma degradação de memória de curto prazo é frequentemente o primeiro sintoma. Ao mesmo tempo, a capacidade de concentração e o desempenho mental diminuem, verificam-se distúrbios da fala, o cansaço aumenta.

Perigo de queda aumentado

A doença de Alzheimer leva, mais tarde, a alterações de comportamento, como confusão, medo, agitação e agressividade. Por vezes, os doentes têm dificuldade em reconhecer objetos e pessoas. Perdem a foça física, a coordenação e as funções motoras são cada vez mais limitadas. Atividades diárias, como vestir-se, preparar refeições ou fazer compras deixam de poder ser realizadas. Fraqueza muscular, dificuldades em caminhar, visão diminuída ou vertigens, fazem com que os doentes de Alzheimer tenham uma probabilidade cerca de três vezes superior de cair do que as pessoas da mesma idade, mas saudáveis. Para minimizar o perigo de queda, a instalação de uma cadeira elevatória faz muitas vezes sentido. Os colaboradores da nossa linha direta estão à sua disposição.

Uma casa segura http://www.encasa-experts.com/pt/a-vida-na-terceira-idade/

Também para as pessoas com Alzheimer é importante que levem uma vida autónoma durante o máximo de tempo possível. Para que possam manter a sua autonomia é necessário criar-lhes um ambiente em que consigam movimentar-se com facilidade e segurança. As seguintes medidas contribuem para isso:

Aplique tapetes de borracha ou faixas antiderrapantes nos pisos dos chuveiros e banheiras.

Identifique as torneiras (vermelho para o quente e azul para o frio)

Feche todos os utensílios que possam ser perigosos (facas, tesouras).

Instale detentores de incêndio e extintores.

Retire tapetes e carpetes

Compre sapatos com solas antiderrapantes.

Instale fechaduras nas janelas.

Sobre o Autor

Conselhos para melhorar a qualidade de vida do idoso. Como viver autonomamente com alzheimer, evitar quedas, osteoporose, parkinson, reumatismo, e mais informações úteis para a terceira idade.




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment