Interessado em desvendar o significado de seus sonhos?

Ver PDF | Ver Impressão
por: prof.augustonogueira Total leituras: 154 Nº de Palavras: 518 Data: Mon, 28 May 2012 Hora: 3:21 PM 0 comentários

Então, qual o sentido dos sonhos? A humanidade tem estado perplexa por muitos anos para adivinhar o significado dos sonhos. Os antigos romanos e gregos acreditavam na importância dos sonhos para obter avisos sobre acontecimentos do presente e do futuro.

Desde o início da psicologia do sonho, no final século XVIII, pelo renomado Sigmund Freud, e ultimamente com o desenvolvimento de técnicas de imagem neural, os estudiosos atravessaram um extenso caminho no entendimento dos sonhos. E, embora a missão precisa dos sonhos ainda tende a ser discutível, a maioria dos pesquisadores consente que os sonhos apresentam algum objetivo e as vantagens de entendê-los contam com a possibilidade de nos auxiliar a lidar com situações emocionais cotidianas.

A primeira questão que levantamos tende a ser: Qual é o sentido dos sonhos? Eu tive tal sonho bastante esquisito sobre insetos na minha cama, você tem a possibilidade de me falar o que isto significa? A pessoa mais apta para interpretar seus sonhos é você! Nossos sonhos costumam ser um resumo das nossas experiências, reflexões e memórias, deste modo, são exclusivas para cada um de nós assim como nossas experiências de vida são 100 % originais.

Exemplificando, se qualquer um sonhar com uma porta, ela pode não ser obrigatoriamente uma porta. Para uma pessoa, a porta tem a possibilidade de indicar novas chances. Para outra pessoa, tem a possibilidade de denotar alguma coisa bloqueando seu caminho. Logo, só você conta com a possibilidade de desvendar o que um dado sentimento, situação ou memória quer dizer. Glossários de sonhos são atraentes uma vez que disponibilizam uma resposta instântanea aos questionamentos ardentes. Embora seja bastante atrativo unicamente buscar um dicionário online, ou fazer downloads de glossários visando obter uma resposta veloz sobre o sentido de um sonho recente, posso assegurar que estes glossários não são suficientes. A complexidade vem a ser que nossos sonhos não são necessariamente lógicos ou relativamente fácil de entender.

O sonho é uma linguagem figurada da natureza, nutrido com nossas experiências pessoais, memórias e emoções nas nossas vidas. A natureza enigmática, irracional e à princípio sem sentido de nossos sonhos vem a ser assim porque certas partes do cérebro são inutilizadas durante o sono. Isto significa que o seu cérebro somente apresenta acesso às recordações, pensamentos e emoções para colaborar com questões rotineiras. Portanto, os sonhos constituem um meio que o nosso cérebro, enquanto durmimos, denota visualmente os nossos pensamentos e sentimentos.

Sobre o Autor

O professor Augusto é um amante das transformações que a Internet produz na vida de todos, escreve 2 weblogs nas horas vagas e leciona também, é claro.




Pontuação: Não pontuado ainda


Comments

No comments posted.

Add Comment