Artigos sobre Viagens e Lazer

341: CIDADE DE PROENÇA-A-NOVA
Proença-a-Nova é uma bonita Vila do Centro do País, sede de concelho, situada numa região de grande beleza natural, com belas paisagens e condições para as mais variadas actividades de lazer, desportivas e turísticas. Do longo período que medeia a presumível fundação da vila e a data do seu primeiro foral não há quaisquer notícias. Mas é fácil imaginar o que terá sido a vida dos seus poucos habitantes:

342: CIDADE DE PENAMACOR
Penamacor é uma vila fronteiriça, sede de concelho, situada a uma altitude média de 550metros, calma e rural, próxima da Serra da Estrela. Penamacor foi elevada a vila em 1199. Só a partir do reinado de D. Sancho I é que a história de Penamacor se define com alguma clareza. Dizem alguns ter sido esta vila pátria de Vamba, o famoso rei dos Godos que governou a península desde 672 até 682. D. Sancho I, conquistou Penamacor aos Mouros e reconstruiu-a. Saiba mais sobre a história da cidade.

343: CIDADE DE IDANHA-A-NOVA
A Idanha-a-Nova é uma vila portuguesa no Distrito de Castelo Branco, região Centro e sub-região da Beira Interior Sul, com cerca de 2 500 habitantes. Vila sede de concelho, composto por 17 freguesias, é o segundo maior concelho do país, em termos geográficos. As suas origens históricas não se conhecem com precisão, mas pensa-se que a construção do Castelo, em 1187, por Gualdim Paes, mestre da Ordem do Templo, constitui um marco importante. Saiba mais sobre a história da cidade.

344: CIDADE DE FUNDÃO
Localizada no sopé da Serra da Gardunha, no planalto da Cova da Beira, o Fundão é uma cidade, sede de concelho, a cerca de 500 metros de altitude. Na Idade do Ferro, desde o ano 1000 a.C. até à sua destruição pelos Romanos, houve no topo do Monte de São Brás um Castro lusitano. Este foi substituído por uma villa ou núcleo de edifícios agriculturais no tempo do Império Romano (por baixo da Rua dos Quintãs). Julga-se que a villa foi substituída por uma mansão senhorial fortificada na Alta Idade Média. Saiba mais sobre a história da cidade.

345: CIDADE DE COVILHÃ
A Covilhã é uma cidade portuguesa, porta da Serra da Estrela, com cerca de 34 700 habitantes, cujo perímetro urbano é formado por quatro freguesias originárias e mais seis que se uniram à cidade quando pelo seu crescimento o perimetro desta se alargou. O passado da Covilhã remonta aos tempos da romanização da Península Ibérica

346: CIDADE DE CASTELO BRANCO
Castelo Branco é uma cidade portuguesa, capital do Distrito de Castelo Branco, situada na região Centro (Beira Baixa) e sub-região da Beira Interior Sul, com cerca de 30 649 habitantes. A origem de Castelo Branco parece ter sido um castro edificado no cima do monte, em cuja encosta assentou mais tarde a vila. Após a reconquista desta região por D. Afonso Henriques, o território compreendido entre o Erges, o Zêzere e o Tejo foi dado aos Templários, que, passado algum tempo, construíram o castelo e edificaram as muralhas. Saiba mais sobre a história da cidade.

347: CIDADE DE BELMONTE
Localizado nas fraldas da Serra da Estrela e coroado pela massa granítica do antigo castelo, Belmonte foi o berço do navegador Pedro Álvares Cabral que em 1500 descobriu o Brasil. A história da vila remonta ao século XII, quando o concelho municipal recebeu foral de D. Sancho I em 1199. Belmonte e a vizinha Covilhã, apesar de situados no interior de Portugal estão conotados como poucas regiões portuguesas com os Descobrimentos marítimos Portugueses. Saiba mais sobre a história da cidade.

348: CIDADE DE VILA NOVA DE FOZ DE COA
Situada na região do Alto Douro, numa área de terras xistosas também conhecidas como “Terra Quente”, Vila Nova de Foz Côa é uma cidade, sede de concelho, que viu o seu nome correr fronteiras pela descoberta e classificação como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO das suas gravuras rupestres paleolíticas ao ar livre no vale do Rio Côa, um dos maiores centros arqueológicos de arte rupestre da Europa

349: CIDADE DE TRANCOSO
Num cenário medieval de sonho e maravilha, ergue-se a antiquíssima Vila de Trancosoe, recentemente tornada cidade. Trancoso faz parte do restrito programa das “Aldeias Históricas de Portugal”, pelas suas características únicas e o seu estado de preservação. Trancoso encontra-se hoje rodeada de muralhas, da época dionisiana, com um belo castelo, também medieval, a coroar esse majestoso conjunto fortificado. Com os seus numerosos monumentos, da arquitectura civil e religiosa, constitui um dos mais expressivos e belos centros históricos do país, visitado anualmente por muitos milhares de pessoas. Saiba mais sobre a história da cidade .

350: CIDADE DE SEIA
Seia é uma cidade serrana, sede de concelho, da região Centro do País, conhecida por ser uma das entradas para o magnífico Parque Natural da Serra da Estrela, localizando-se na área do seu município o ponto mais elevado de Portugal Continental: a Torre a 1993 metros de altitude.


Página 35 de 43
[1]   [2]   [3]   [4]   [5]   [6]   [7]   [8]   [9]   [10]   [11]   [12]   [13]   [14]   [15]   [16]   [17]   [18]   [19]   [20]   [21]   [22]   [23]   [24]   [25]   [26]   [27]   [28]   [29]   [30]   [31]   [32]   [33]   [34]   [35]   [36]   [37]   [38]   [39]   [40]   [41]   [42]   [43]