Artigos sobre Finanças

51: Empresas de energia podem voltar a vender seguro nas faturas
Há cerca de dois anos a Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica – proibiu a comercialização de novos produtos de seguros nas contas de energia elétrica. No período em que a prática estava permitida, muitos consumidores adquiriram o produto e, por conta dos valores majorados, acabavam ficando inadimplentes e tendo a energia cortada pela concessionária.

52: Grupo Allianz atinge € 9,5 bilhões de lucro
O Grupo Allianz – que atua no Brasil por meio da Allianz Seguros – anunciou resultados sólidos para o exercício financeiro de 2012. A receita atingiu 106,4 bilhões de euros para o ano, um aumento de 2,7% comparado com os 103,6 bilhões de euros do ano anterior. O lucro operacional aumentou 20,8% em 2012 para 9,5 bilhões de euros, em comparação aos 7,9 bilhões de euros em2011.

53: Gristec indica ao Denatran mais uma opção de controle das horas trabalhadas dos caminhoneiros
Wanderley Sigali, diretor-executivo da Gristec, esteve em Brasília, no dia 06 de fevereiro, acompanhado por Cláudio Bulgarelli (diretor de Rastreamento e Monitoramento de Cargas) Alexandre Fagundes (diretor de Parcerias e Vendas Corporativas), José Tabone Júnior (diretor de Telemetria) e Flavio Godoi (gerente de Projetos da Onix Sat) para fazer uma proposta ao coordenador geral de Planejamento Normativo e Estratégico do Denatran, Sr. José Haroldo Martins Segalla.

54: Escola Cidadã, da Seguros Unimed, prepara voluntários para parceria com Lar das Crianças
Pelo terceiro ano consecutivo, a Seguros Unimed firmou parceria com o Lar das Crianças da Congregação Israelita Paulista. A novidade deste ano é que agora o treinamento dos colaboradores para as atuações voluntárias faz parte da Escola Cidadã, um dos cursos da Academia Corporativa da Seguros Unimed – iniciativa voltada ao desenvolvimento do time de colaboradores e líderes da Seguros Unimed.

55: Saiba o que fazer quando estiver com seu carro em enchentes
Moradores dos grandes centros urbanos são vítimas recorrentes dos temporais e enchentes que chegam com o verão. Além de ameaçarem a segurança dos ocupantes do automóvel, as enchentes podem estragar o veículo e trazer inúmeros prejuízos para o motorista. Apesar disso, alguns procedimentos e atitudes são capazes de minimizar o problema e auxiliam o segurado no momento de solicitar a ajuda do seguro.

56: Previdência privada arrecada R$ 70 bilhões em 2012
O mercado de previdência complementar aberta fechou 2012 com arrecadação de R$ 70,4 bilhões. O montante de novos recursos é 31,54% superior ao registrado no acumulado de 2011, quando R$ 53,5 bilhões ingressaram no sistema. É o maior índice de expansão verificado desde 2004, quando o volume de depósitos cresceu 28,49% frente a 2003.

57: Seguralta termina o ano com 460 unidades e R$ 100 mi de faturamento
Ao transitar em dois mercados em forte expansão, o de seguros e o de franchising, a Seguralta Bolsa de Seguros conseguiu fechar 2012 com 463 operações espalhadas pelo País, além de obter um faturamento de R$ 100 milhões. Neste ano, a bandeira pretende aumentar o valor faturado para R$ 150 milhões apostando em três modelos de franquia

58: Tempo Assist associa-se à Multiasistencia
O principal executivo da Tempo Multiasistencia será o espanhol Israel Gil. A nova companhia contará com um conselho de administração, composto por seis membros, três indicados por cada acionista. O presidente dessa instância ainda não foi definido. Couto conta que a negociação durou um ano e meio, com a assessoria do escritório de advocacia Castro Barros Advogados.

59: Contrato de seguro para celular e tablet exige atenção
O contrato não exige período de carência; é instantâneo. E a franquia, em geral, costuma ser a mesma para todas as seguradoras: 25% do valor de mercado do produto. Pode ser contratado na aquisição de um novo aparelho, assim como separadamente, desde que o aparelho tenha até dois anos de uso.

60: Seguro amplo tem baixa adesão nos condomínios
O artigo citado por Gisele determina que os condomínios são obrigados a contratar um seguro contra incêndio ou outro sinistro que cause destruição no todo ou em parte. Entretanto, segundo a especialista, até então a responsabilidade do síndico se limitava aos sinistros previstos nas coberturas securitárias existentes, o que se resumia ao seguro contra incêndios.


Página 6 de 54
[1]   [2]   [3]   [4]   [5]   [6]   [7]   [8]   [9]   [10]   [11]   [12]   [13]   [14]   [15]   [16]   [17]   [18]   [19]   [20]   [21]   [22]   [23]   [24]   [25]   [26]   [27]   [28]   [29]   [30]   [31]   [32]   [33]   [34]   [35]   [36]   [37]   [38]   [39]   [40]   [41]   [42]   [43]   [44]   [45]   [46]   [47]   [48]   [49]   [50]   [51]   [52]   [53]   [54]