Artigos sobre Finanças

251: Banco do Brasil cria empresa de seguros que terá capital aberto na Bolsa
A BB Seguros tem participação de 74,9% na BB Mapfre SH1 Participações, que atua no ramo de seguros de pessoas e 50% da Mapfre BB Participações SH2, de seguros patrimoniais, ambas em parceria com o Grupo Mapfre. Também possui 74,9% das ações da Brasilprev Seguros e Previdência, em parceria com a Principal Financial Group, e 66,7% da Brasilcap Capitalização, que tem como sócios a Icatu Seguros e a Cia de Seguros Aliança da Bahia.

252: Estratégia envolve planos para baixa renda, expansão regional e tecnologia
Para atingir sua previsão de dobrar a carteira de clientes em cinco anos, a nova Amil pretende investir em novas tecnologias, em planos para a baixa renda, na expansão para Estados onde ainda não está presente e no aumento do número de planos que exigem coparticipação. Nesses casos, os clientes pagam uma parte de exames, consultas e cirurgias.

253: Conversas diretas destravaram impasse
Para que o "projeto Samba" saísse do papel, o brasileiro Edson Bueno, da Amil, e Steve Hemsley, presidente da United, precisaram deixar de lado o modorrento protocolo que cerca operações desse tipo: dispensaram a assessoria de bancos, passaram a negociar pessoalmente e baixaram a regra dos codinomes para todos os que participaram da fase final.

254: Em 13 dias, 'projeto Samba' virou maior negócio do setor de saúde
Naquela manhã, a americana UnitedHealth Group, ou Utah na terminologia secreta utilizada, anunciou a compra da Amil, apelidada de Atlanta, a maior operadora de planos de saúde do Brasil. A operação, apesar de complexa, teve aval da burocracia oficial brasileira em tempo recorde para os padrões do negócio.

255: Análise: O principal é calcular quanto se quer receber da previdência privada
Mas quando começar a previdência privada? A resposta é: o mais cedo possível. É um investimento de longo prazo e, portanto, quanto maior for o prazo de contribuição, mais suaves serão as parcelas a serem pagas. Até por isso não é um investimento para ser encarado como de curto prazo. Outra questão é calcular a renda necessária no futuro.

256: Juro real baixo adia data da aposentadoria
Além da taxa de administração, cobrada pelo banco para cuidar do dinheiro do cliente, os planos de previdência costumam ter desconto de taxa de carregamento, que incide no valor aplicado. Quem aplica R$ 1.000 com taxa de carregamento de 5%, na verdade está levando para o plano apenas R$ 950. Há ainda taxa de saída, que incide em eventuais pedidos de resgate.

257: Jovens podem arriscar mais nos planos
Outra vantagem é que o jovem pode arriscar mais do que alguém perto da aposentadoria, aplicando uma parte maior de sua reserva em ações ou em planos com maior fatia em renda variável. Se a Bolsa cair ele pode esperar um momento melhor para retirar o benefício. A participação de menores de 18 anos em planos de previdência corresponde a 7,5% do total. Na média, a idade dos participantes de planos de previdência complementar aberta é de 35 anos.

258: Aplicação para dependentes em previdência tem regras próprias para desconto
Quando a mulher e os filhos apresentam declarações separadas, "o abatimento poderá ser feito, mas nas declarações deles. Assim, tanto a mulher como os filhos poderão abater o valor das despesas com previdência privada pagas pelo marido/pai (em nome de cada um deles), pois se trata do que a Receita chama de 'entidade familiar'", explica a advogada.

259: Ministro da Justiça defende legislação específica para setor de seguros
Na avaliação do secretário, os contratos considerados de menor valor, como os de automóveis e pessoais, já são padronizados e possuem uma regulação satisfatória. Os de “média complexidade”, acrescentou, não teriam uma padronização total e dependeriam de alguma flexibilidade para atender eventuais diferenciações.

260: Relator busca consenso para Lei Geral dos Contratos de Seguro
Vergilio – que também é presidente da Fenacor – utilizará como base para o seu relatório as opiniões apuradas nessa audiência pública; no seminário “Nova Lei Geral do Seguro – PL 3.555-A”, realizado no dia 08 de novembro, com a presença de parlamentares e especialistas; e de outra audiência pública, marcada para a próxima quarta-feira (28), na qual serão ouvidas várias personalidades do setor.


Página 26 de 54
[1]   [2]   [3]   [4]   [5]   [6]   [7]   [8]   [9]   [10]   [11]   [12]   [13]   [14]   [15]   [16]   [17]   [18]   [19]   [20]   [21]   [22]   [23]   [24]   [25]   [26]   [27]   [28]   [29]   [30]   [31]   [32]   [33]   [34]   [35]   [36]   [37]   [38]   [39]   [40]   [41]   [42]   [43]   [44]   [45]   [46]   [47]   [48]   [49]   [50]   [51]   [52]   [53]   [54]